Vitória de Scarponi na 1ª etapa do Tour of the Alps


Já cheira a Giro de Itália!

O Tour of the Alpes, nome do antigo Giro del Trentino, prova de categoria 2HC da UCI que liga Kufstein na Áustria a Trento na Itália em 5 etapas, é a primeira prova de preparação para o Giro D´Itália. Frequentada por quem tem ambições no Giro, a prova deste ano pode contar com nomes como Geraint Thomas e Mikel Landa (Sky; ainda está em péssima forma física), Thibault Pinot (Française des Jeux), Davide Formolo e Davide Villela (Cannondale), Doménico Pozzovivo (AG2R), Dario Cataldo e Michele Scarponi (Astana), Rohan Dennis e Damiano Caruso (BMC), José Mendes e Emmanuel Buchmann (Bora), Egan Bernal e Francesco Gavazzi (Androni) e Damiano Cunego (Vini Fantini).

O final da primeira etapa não poderia ser mais electrizante que aquele que aconteceu na curta (podemos chamar-lhe mesmo um muro) subida do Hungerburg, subida de 4km (pendente máxima de 7,6%; pendente média de 7%) nos arredores de capital do Tirol Innsbruck. Na subida final, o vencedor da edição do Giro de 2011, o italiano Michele Scarponi voltou a encontrar-se com as vitórias, 4 anos depois de ter vencido a sua última prova no Gran Premio della Costa Etruschi. A vitória do italiano é um bom prenúncio para as etapas de média e alta montanha que se seguem e é de certa forma sinal que Scarponi quer preparar bem a sua participação no Giro para quem sabe tentar batalhar por um lugar no top 10.

Na primeira tirada da prova, uma difícil etapa entre Kufstein e Innsbruck (Hungerburg) na distância de 145.1 km, com várias contagens de montanha pelo meio, a fuga do dia foi protagonizada por “3 ciclistas” das 2 casas que acolhem a prova. O chefe-de-fila da Androni Francesco Gavazzi, o seu compatriota Iuri Fillosi da Nippo-Vini Fantini e o austríaco Matthias Krizek da Tirol (a jogar completamente em casa; o austríaco queria decerto dar uma alegria à sua equipa na chegada ao seu local de origem) conseguiram palmilhar uma diferença interessante para o pelotão comandado numa primeira parte da prova pelos russos da Gazprom e numa segunda pelos ingleses da Sky. A equipa inglesa era aquela que à partida demonstrava mais interesse em chegar ao Hungerburg com uma situação de corrida estável para lançar Geraint Thomas.

Foi isso que precisamente aconteceu na chegada ao muro final. Alcançado Igor Filosi, o último dos sobreviventes da fuga a sensivelmente 5km (1,2 do começo do Hungerburg) a Sky tratou de acelerar a corrida para lançar um ataque de Geraint Thomas. O ciclista galês haveria de ter que resistir primeiramente aos ataques de Dumbrovski (Cannondale), do nosso campeão nacional José Mendes (bela prova do ciclista da Bora, quedando-se pela 11ª posição a 13 segundos do vencedor) e de Doménico Pozzovivo antes de ter liberdade para atacar a 1,3 km da meta, levando consigo o chefe-de-fila da AG2R para a prova, Scarponi e Egan Bernal, ciclista da Androni que continua a dar nas vistas na temporada de 2017. O único dos grandes favoritos à vitória na geral individual que não conseguiu verdadeiramente responder ao ataque de Thomas foi o australiano Rohan Dennis da BMC, mas o australiano continua a demonstrar que está a realizar um trabalho de aperfeiçoamento do seu ciclismo à média montanha. Já Thibault Pinot não conseguiu responder de imediato ao ataque do ciclista da Sky mas conseguiu voltar a cerrar posições no grupo principal nos metros de aproximação ao sprint final, entrando no grupo de Thomas conjuntamente com Davide Formolo da Cannondale, Dario Cataldo da Astana e Mattia Cattaneo da Androni. O antigo colega de equipa de Rui Costa na Lampre assume agora um estatuto mais de acordo com a sua condição especial de trepador\corredor de clássicas.

Foi Davide Formolo quem haveria de lançar o sprint final onde Michele Scarponi voltou a demonstrar a sua veia finalizadora 4 anos depois do último triunfo individual da carreira.

Anúncios

Um pensamento em “Vitória de Scarponi na 1ª etapa do Tour of the Alps”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s