Fiorentina 5-4 Inter: Um hino ao futebol!


Numa semana em que as atenções dos portugueses estiveram focadas essencialmente no derby entre Sporting e Benfica, nos acontecimentos acessórios que se passaram fora das 4 linhas, e no clássico do futebol espanhol, “escapou pelo canto do olho” o magnífico espectáculo de futebol que Fiorentina e Inter protagonizaram em Itália. Um espectáculo enorme que contraria a pré-concebida ideia que muitos adeptos da modalidade no nosso país tem vindo a idealizar às cegas (sem ver um único jogo) nos últimos anos sobre o futebol italiano.

As ideias de que o futebol transalpino é anacrónico, disputado a toque de caixa, ou seja, com um ritmo de jogo lento, sem bons executantes (tirando os da Juve, claro) excessivamente cauteloso, excessivamente fechado em espartilhos tácticos, e excessivamente defensivo, no qual “os treinadores jogam para o empate e satisfazem-se com um ponto” são mitos que estão a penetrar a uma velocidade atroz na mente dos nossos amantes do futebol. Experimentem começar a ver os jogos entre as equipas que estão a meio da tabela na Série A. Tenho a certeza, até porque tenho visto muitos jogos, que verão verdadeiros espectáculos entre equipas que vivem despreocupadas com resultados.

Como uma pessoa verdadeira atenta ao futebol italiano, futebol que continuo a apreciar e a ver com regularidade, não me cingindo a ver apenas os jogos entre as equipas grandes, não posso de maneira alguma concordar com alguns dos mitos criados, precisamente pelo facto destes resultarem de leituras realizadas em jogos (grandes) nos quais existe a predominância de uma atitude “resultadista” (por motivos óbvios) em detrimento da qualidade do espectáculo.

Foi essa mesma qualidade do espectáculo que me levou a destacar este jogo. Fiorentina e Inter disputaram um jogo de parada e resposta no qual os calciatori de ambas as equipas se marimbaram-se por completo na rigidez dos caderninhos tácticos de ambos os treinadores, deambulando de último terço em último terço, numa fragrância de futebol de ataque puro e selvagem. Apesar dos 5 golos sofridos na partida, o melhor em campo acabou por ser, com alguma ironia, o guardião esloveno do Inter Samir Handanovic. Com 6 brilhantes paradas (1 delas a travar uma grande penalidade) o guardião de 32 anos evitou que a Fiorentina pudesse ampliar a sua vantagem em várias ocasiões de perigo criadas pela equipa orientada por Paulo Sousa. Os Viola acabaram por conseguir contudo ampliá-la de qualquer forma com uma tremenda exibição (na minha opinião, foi a melhor exibição que vi do jovem avançado senegalês com a camisola viola) de finalização do ponta-de-lança Khouma Babacar.

Um pensamento em “Fiorentina 5-4 Inter: Um hino ao futebol!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s