Volta à Romandia – Resumo da 2ª e da 3ª etapa


Na curta tirada entre Champéry e Bulle, curta etapa de 136 km que contava com algumas contagens de montanha de categoria inferior no traçado desenhado pela organização, a Suiça festejou a “sua 2ª vitória” na prova com a vitória do jovem Stefan Kung da BMC. Num dia marcado pelas péssimas condições atmosféricas que se registaram (piso muito molhado durante toda a corrida; neve e muito frio à mistura) o jovem contra-relogista suíço de 23 anos conseguiu alcançar a sua 12ª vitória da sua carreira enquanto profissional, voltando a triunfar num palco onde já tinha conquistado uma etapa na edição de 2015.

Inserido numa fuga inicial de 4 corredores, o jovem da BMC bem como os restantes fugitivos (entre os quais um dos fugitivos de ontem, Sander Armée da Lotto- Soudal, corredor que procurava somar o máximo número de pontos possíveis para arrebatar a Simon Yates a camisola do prémio da montanha) aproveitaram o cauteloso ambiente que se formou lá atrás no pelotão em virtude do mau tempo. Perante os perigos que espreitavam a cada descida, nenhuma das equipas dos favoritos à geral quis arriscar muito na perseguição, muito menos a partir dos 50 km finais, altura em que todo o pelotão tomou conhecimento da queda de Warren Barguil (Sunweb) no meio do pelotão. A queda vitimaria o ciclista francês, levando-o a abandonar a corrida.

Nos km´s finais, quando o quarteto da frente começou a perceber que poderia discutir a vitória na tirada, foi o ucraniano Andriy Grivko (Astana) quem tentou atacar para tentar um ataque em solitário até à linha de chegada. Kung conseguiu cobrir o esticão do experiente ciclista ucraniano e na chegada a Bulle foi mais forte no esforço final.

Com uma chegada em pelotão compacto, Fabio Fellini segurou a amarela por mais um dia, não se registando quaisquer perdas de tempo por parte dos grandes favoritos.

4ª etapa

Que fantástico sprint final!

A tenacidade e a rapidez com que a Team Sky (com Christopher Froome envolvido; foi o super ciclista quem puxou Viviani para a frente da corrida com a ajuda de Oliver Doull) montou o lançamento do seu sprinter Elia Viviani (o vencedor da tirada) nos metros finais, destronando o perfeito trabalho que a Bora veio a realizar nos últimos 2 km para tomar a dianteira do pelotão de forma a lançar correctamente Michael Schwarzmann, foi um momento absolutamente soberbo de ciclismo. Assim como fantástico também foi o explosivo ataque surpresa nos metros finais de Alex Edmondson da Orica, ciclista que, como referi a propósito da sua classificação no prólogo de abertura, é um ciclista com um largo pecúlio de feitos no ciclismo de pista. Edmondson parecia estar a disputar uma autêntica prova por pontos no “plano asfalto” da chegada a Payerne.

A espreitar a chegada esteve também Sonny Colbrelli (Bahrein). A equipa daquele país do Médio Oriente, equipa que como se sabe ficou com a super licença de participação na UCI World Tour da extinta Lampre-Mérida, foi a mais interventiva no esforço conjunto realizado para anular a fuga do dia, escapada composta por 7 ciclistas entre os quais Thomas De Gent e Toms Skujins da Cannondale e o ataque letal que o contrarelogista britânico da Movistar Alex Downsett tentou realizar. A equipa de Colbrelli não teve portanto forças para realizar o trabalho que tanto a Bora como a Sky realizaram em prol dos seus finalizadores. Contudo, o fenomenal finalizador italiano soube-se posicionar bem na aproximação, pulando de roda em roda até chegar aquela que lhe permitisse discutir a vitória na etapa.

A ver navios por falta de incapacidade das suas unidades voltaram a ficar a UAE e a Quickstep. Pese embora o exímio posicionamento de Ben Swift e de várias unidades da equipa dos Emirados, a UAE voltou a revelar que não tem consegue assumir as corridas nos seus momentos-chave. Já a Quickstep conseguiu colocar um ou outro homem na frente para puxar o argentino, num esforço que se viria a tornar-se infrutífero face ao 7º lugar do sprinter na etapa.

Fabio Felline segue de amarelo para os dias de decisão nas montanhas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s