Harry Kane em ponto rebuçado


32 golos em 37 jogos. 24 dos 32 obtidos na Premier League, facto que poderá valer ao avançado do Tottenham a renovação do título de melhor marcador da prova.

Frente ao incipiente Leicester (os Foxes fizeram um jogo francamente negativo no capítulo defensivo, em especial, no capítulo posicional e na baixa intensidade registada nos momentos de pressão e abordagem ao portador) o avançado inglês aproveitou para mostrar o seu lado Killer. Sem descurar algumas características do seu “completo” arsenal quando é chamado a jogar fora da área – constante dinâmica na cedência de apoios quer no corredor central quer nos corredores laterais, a capacidade de drible que possui sempre que vai aos corredores receber a bola para tentar flectir para o centro para preparar o seu poderoso remate de meia distância – o avançado demonstrou ontem que só tem olhos para a baliza, marcando 2 (dos 4) exactamente iguais nos minutos finais.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s