Algumas notas sobre a saída de Nelson Semedo para Barcelona


Faço já a minha declaração de interesses antes de escrever uma única linha sobre o lateral direito: confesso-me um grande fã de Nélson Semedo. A minha opinião sobre o jogador não se alterou em virtude da transferência que hoje foi confirmada pelos dois clubes. A minha opinião sobre o lateral mantém-se intacta desde que Semedo foi lançado por Rui Vitória na equipa principal do Benfica. Eu adoro laterais raçudos que passam a vida no último terço adversário. Adoro laterais despachados e esclarecidos, capazes de desequilibrar através do drible, de acções de 1×2, de entradas pelo interior ou pelo exterior. Adoro laterais que sabem entrar nos espaços deixados em vazio. Adoro laterais que não utilizam o cruzamento como único recurso quando a bola chega aos pés. Adoro laterais que sabem jogar para o meio. Odeio profundamente todos os laterais que só sabem correr em linha recta quando recebem a bola no meio-campo adversário. Adoro laterais atrevidos que saibam inflectir para o interior para rematar ou para procurar uma linha de passe para as desmarcações dos avançados. 

Nélson Semedo possui no seu jogo grande parte destas características. É veloz, é tecnicamente dotado, é rápido a decidir o que vai fazer com a bola, é forte no drible, é ofensivo, é inteligente na forma em como cria boas situações de cruzamento através das suas movimentações para o interior da área, foge bem para dentro para poder executar o seu poderoso e apurado remate de pé esquerdo.

No entanto, devo também considerar, em abono da verdade, que estas características não fazem do jogador o lateral perfeito porque o seu comportamento defensivo não é o melhor. Nélson é um lateral que apresenta um comportamento defensivo muito mau. O internacional português é um jogador que dá um enorme espaço de manobra ao seu adversário directo. Nos jogos da Champions da temporada passada bem como nos jogos da selecção, esse defeito foi por demais evidente. O lateral permite que os adversários possam embalar em drible, facto que efectivamente, numa segunda fase, não lhe permite ser eficaz na abordagem e no desarme.

Os valores envolvidos neste negócio.

30,5 milhões de euros mais 5,1 milhões se o jogador por cada 50 jogos oficiais pelos culés ao longo da duração do contrato assinado durante o dia de hoje, parece-me um valor justo se considerarmos o potencial actual e futuro do lateral bem como as soluções que este poderá garantir à formação blaugrana. Sendo um lateral bastante inteligente nas acções que toma, de pendente ofensiva, capaz de desequilibrar com recurso a uma larga panóplia de acções e movimentações, creio que ira casar rapidamente com as características de Lionel Messi e Luís Suarez. Sendo um lateral que consegue realizar todo o flanco com alguma facilidade, Nélson poderá libertar Lionel Messi para as suas “zonas preferenciais de desequilíbrio” no corredor central.

Poderá Semedo seguir as pisadas de Daniel Alves? Poderá o lateral reactivar o futebol de Andrés Iniesta?

O futebol do médio (Andrés Iniesta) perdeu muito com a saída do Dani Alves do Barcelona para a Juventus porque o lateral brasileiro era, em virtude da sua constante projecção no último terço adversário, um ponto de referência para o futebol do médio. Sempre que Andrés Iniesta não conseguia fazer a bola entrar no “canal” Messi (ou em Neymar), o médio procurava imediatamente variar o centro de jogo para o lateral direito brasileiro para obrigar a defesa a vascular para o flanco direito, reformulando assim as acções ofensivas. Como ambos conheciam na perfeição as rotinas, as decisões e as dinâmicas um do outro, sempre que o médio era obrigado a variar o centro de jogo para as entradas do lateral, raramente falhava um passe. Durante a última temporada percebemos que o médio ficou sem esse ponto de referência. A sincronização com Sergi Roberto na última temporada nem sempre foi a melhor em muitos jogos porque naturalmente se perderam algumas das rotinas às quais o médio se veio a habituar nos anos em que jogou com Dani Alves.

Anúncios

1 thought on “Algumas notas sobre a saída de Nelson Semedo para Barcelona”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s