Bloco de Notas da História #31 – The Raging Bull


In Memoriam of Jake La Motta, o toiro enraivecido. Para a História ficará a rivalidade de mais uma década protagonizada com Sugar Ray Robinson, outro dos mais consagrados atletas da história da modalidade.

sugar ray robinson

O momento apeótico desta insanável rivalidade viria a acontecer em 1951, mais concretamente no dia de São Valentim. A 14 de Fevereiro desse ano em Chicago, os dois atletas protagonizaram um dos maiores combates da história do boxe.

Anúncios

3 thoughts on “Bloco de Notas da História #31 – The Raging Bull”

    1. Por acaso vi o filme quando era miúdo, porque À semelhança dos miúdos da minha idade (geração nascida do final dos anos 80) era fascinado pelas coboiadas históricas norte-americanas dos rocky´s e afins. O Rocky também tinha a sua dose de inspiração na história de um mítico boxeur chamado Rocky Marciano. No entanto, na altura não sabia que o filme se tinha inspirado na vida de um lutador verdadeiro e sinceramente acho que o meu pai também não sabia. Uns anos mais tarde, quando decidi praticar boxe na universidade, comecei a interessar-me mais sobre o passado da modalidade. Eu e o meu colega de casa comprámos a meias o Fight Night Round 4 para a Playstation 3 (ainda hoje sou um exímio jogador com o Ali, com o Lennox Lewis e com o Chaves Jr) e começamos a desgrenhar de fio a pavio os memorials exibidos pela ESPN Classics. Foi porventura aí que fiquei fascinado com o mais nobre (e mais técnico) desporto de combate da humanidade.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s