Pedro Santos

Há anos que venho a dizer que Pedro Santos merecia uma oportunidade num dos grandes. À semelhança do que aconteceu na última década, com outros jogadores que realizaram extraordinárias temporadas em Braga como Márcio Mossoró, Elderson, Leandro Salino, Zé Luís, Baiano, Ismaily, Felipe Pardo, Wallace, ou Luiz Carlos, o extremo foi obrigado a esticar a sua permanência em Braga à espera daquela (tão desejada) oportunidade que nunca chegou. Quando a idade começa a pesar, a necessidade de realizar o “contrato de uma vida” e de se ganhar o que nunca se ganhou, é ampliada para uma nova dimensão: o primeiro que acenar com o cheque, é o primeiro que leva o jogador.

Continuar a ler “Pedro Santos”