O Bloco de Notas da História #4 – O dia em que David voltou a derrubar Golias

A mágica noite de 18 de Março de 1963, a noite em que o Sporting de Osvaldo Silva, Geo, Pedro Gomes, Carvalho, Mascarenhas, Alexandre Baptista, José Carlos, Morais, Figueiredo, Fernando Mendes e Hilário vergou o Manchester United dos irmãos Charlton, de Dennis Law e de George Best. Os novos “Busby Boys” (geração que sucedeu à trágica geração que faleceu na tragédia de Munique) caíram com estrondo em Alvalade na 2ª mão dos quartos-de-final da Taça das Taças 1963\1964.

A massa adepta do Sporting caiu em peso em Alvalade para ver jogar aqueles que só via através do cinema. Na tela do manto verde do estádio do leão, 11 leões que uma semana antes tinham saído em lágrimas de Old Trafford (4-1 para os ingleses) acreditaram que seria possível “arrumar” com o principal favorito à conquista da prova e escrever uma página de ouro que ainda hoje se mantém intacta nos anais do clube inglês: nunca ninguém conseguiu aplicar tão pesada derrota ao Manchester United nas competições europeias.

Os leões rumariam alegremente para a conquista do troféu. Aqui ficam as imagens de toda a caminhada leonina bem como os testemunhos dos jogadores que conquistaram a prova neste documentário em boa hora realizado pela RTP

As recordações de Hilário dessa eliminatória num vídeo promocional lançado pelo Sporting aquando da eliminatória contra o Manchester City para a Liga Europa 2011\2012: