Breves notas sobre a vitória do Benfica em Vila do Conde

Um contra-ataque exemplarmente criado por Jonas, num dos raros momentos em que a turma encarnada encontrou a defesa vilacondense em contra pé, e muito bem conduzido por Sálvio antes do argentino ser paciente na abordagem ao último passe (esperou que o defesa se aproximasse para soltar a bola no momento decisivo que iria colocar Jimenez na cara de Cássio) garantiu ao Benfica a conquista do título. O assunto está arrumado.  Continuar a ler “Breves notas sobre a vitória do Benfica em Vila do Conde”