O dia mais importante da vida de uma modesta vila de 3700 habitantes – 1ª parte

hoffenheim

Com o passar dos anos, o futebol tornou-se uma notável força social no colorido espectro da região de Heidelberg. A 20 km da cidade que alberga a mais antiga Universidade Alemã (fundação datada de 1836) e que albergou temporariamente Martinho Lutero na sua cruzada contra o Comércio de Indulgências que era praticado por e pelos antecessores do Papa Leão X, nasceu uma das histórias mais lindas do futebol: o TSG 1899 Hoffenheim.

Fundado em 1945 após o fim da 2ª Guerra Mundial, o clube que juntou num só os dois clubes até então existentes no povoado de 2600 habitantes, o “ginástico” Turnverein Hoffenheim (1899) e Fußballverein Hoffenheim (1921) teve uma história obscura em cerca de meio século de existência. Até ao ano 2000, ou seja até à entrada de Dietmar Hopp (o multimilionário patrão da SAP, AG; fortuna avaliada em 3,3 milhões de dólares) o modesto TSG, clube que disputava o 5º escalão da nomenclatura de competições do futebol alemão, era uma simples agremiação de bairro, onde meia dúzia de jovens e adultos da terra perdida no meio de “nenhures” da região de Baden se juntavam para dar uns toques na bola e apanhar cáspias de Vetter´s, a cerveja mais famosa da região. A entrada de Hopp tudo alterou. O patrão da SAP, empresa criada em 1972 por antigos empregados da IBM (entre os quais Hopp) que viria a revolucionar as tecnologias da informação, tratou de construir a pulso e com afinco um dos mais bonitos projectos da história do futebol.

Continuar a ler “O dia mais importante da vida de uma modesta vila de 3700 habitantes – 1ª parte”