Andebol – Final da Taça Challenge – 1ª mão – Sporting 37-28 Potaissa Turda

Tarefa cumprida. Hugo Canela pediu aos jogadores para realizarem um jogo no qual pudessem ganhar pelo máximo número de golos, de forma a gerir uma vantagem confortável no jogo da 2ª mão que se irá realizar na Roménia. As deslocações das equipas portugueses aqueles países costumam ser muito complicadas (deslocações longas e demoradas; condições de estadia surpreendentes, adeptos da equipa adversária a fazer barulho no piso da equipa adversária na noite que antecede ao jogo, entre outros factores que costumam dificultar a obtenção de um bom rendimento nas partidas) e uma final será sempre uma final Os jogadores leoninos cumpriram os objectivos, ganhando o jogo da 1ª mão, disputado no Casal Vistoso, por 37-28. Os 9 golos de vantagem são mais que suficientes perante esta equipa romena? Nunca se sabe. Continuar a ler “Andebol – Final da Taça Challenge – 1ª mão – Sporting 37-28 Potaissa Turda”

Andebol: Sporting 29-28 FC Porto – Vitória agridoce marcada novamente pelo dedo da dupla de arbitragem

Nota introdutória: Há algumas semanas atrás, a propósito do empate cavado pela dupla de arbitragem do jogo realizado no Pavilhão da Luz entre Benfica e Sporting, já tínhamos mencionado (em tom crítico) um certo esforço para retirar o Sporting da contenda pelo título. No Pavilhão do Casal Vistoso, no “mata-mata” que se verificou entre Sporting e Porto, jogo em que os leões precisavam obrigatoriamente de vencer por 2 golos de diferença (desde que o Porto não marcasse 27 golos, superando os 26 marcados pelo Sporting no Dragão Caixa no jogo da 1ª volta desta fase final) ou por 3 golos de diferença para poderem saltar para a liderança na prova no final desta antepenúltima jornada, a dupla de arbitragem (Eurico Nicolau e Ivan Caçador de Leiria) decidiu validar um golo obtido fora do tempo de 60 minutos a Miguel Martins (27º; 28-27) contra a indicação do cronometrista presente. Eurico Nicolau e Ivan Caçador foram portanto mais uma vez, em nome da vil classe do apito, dignos representantes de uma estratégia que visa atribuir o título ao Futebol Clube do Porto.

Ao 4º jogo da presente temporada do Campeonato Nacional de Andebol 1, pode finalmente o Sporting do professor Hugo Canela, bater o seu maior rival na competição, garantindo 3 pontos que à luz do que passou no final do jogo, não colocarão a liderança da prova nas garras do leão em virtude da vantagem mantida pelos portistas no confronto directo entre as equipas nos dois jogos realizados na fase final. Contudo, salienta-se que a vitória alcançada pelos leões foi inteiramente justa pela superioridade demonstrada em relação ao adversário em praticamente todos os momentos da partida e pela capacidade em como a equipa conseguiu emendar os erros cometidos que lhe custaram pontos nos jogos anteriores frente aos portistas. O Sporting conseguiu finalmente contornar com sucesso a armadilha defensiva montada pelo técnico portista Ricardo Costa quando este utiliza sistemas de defesa homem-a-homem. Continuar a ler “Andebol: Sporting 29-28 FC Porto – Vitória agridoce marcada novamente pelo dedo da dupla de arbitragem”

Sporting vence ABC em Braga e estreia-se a ganhar na fase final do Campeonato de Andebol

ab

27-25 foi o resultado final de uma vitória arrancada a ferros no Flávio Sá Leite, reduto dos campeões nacionais em título. Jogo muito emotivo do princípio ao fim, pese embora essa mesma emotividade não se tenha traduzido num espectáculo de qualidade técnica do princípio ao fim do jogo. As duas equipas jogaram a um ritmo muito baixo na primeira parte e na 2ª foram apesar do aumento do pace da partida, foram muitas as falhas técnicas cometidas quer pela equipa comandada por Carlos Resende quer pela equipa comandada pelo Prof. Hugo Canela.

Continuar a ler “Sporting vence ABC em Braga e estreia-se a ganhar na fase final do Campeonato de Andebol”