Benoit Cosnefroy é o novo campeão mundial de estrada no escalão de sub-23

A vitória é de quem arrisca. A selecção francesa de sub-23 arriscou mais que as outras selecções na última volta ao circuito de Bergen e lucrou com a sua pujante e ofensiva atitude.

Numa corrida de 191 km muito esticada, disputada a um ritmo alucinante, e muito atacada a partir da 5ª as 11 voltas planeadas pela organização ao circuito fechado que receberá no próximo domingo a prova de estrada de elites, a Itália de Vincenzo Albanese (Bardiani) levantou a onda de vento que se viria a seguir quando lançou Eduardo Affini ao ataque no início da última volta. Da investida do ciclista italiano formar-se-ia um quinteto na frente. Com dois ciclistas presentes nesse quinteto, a selecção francesa lançou Benjamin Thomas (o actual campeão do mundo de Madison e Omnium, disciplinas do ciclismo de pista) e Damien Touze. Tanto Thomas como Touze viriam a fracassar nas suas tentativas de ataque. Continuar a ler “Benoit Cosnefroy é o novo campeão mundial de estrada no escalão de sub-23”

No primeiro dia dos Campeonatos do Mundo, a Sunweb fez história

A propósito das vitórias de etapa, da conquista do Prémio da Montanha e do 10º lugar alcançado por Warren Barguil na geral individual na edição deste ano do Tour, das vitórias em etapas alcançadas por Michael Matthews (o vencedor do Prémio da Regularidade no Tour), do 4º lugar alcançado na geral individual da Vuelta por Wilco Kelderman e das vitórias de Tom Dumoulin na geral individual do Giro e no Binckbanck Tour, já pude realçar em vários posts o maravilhoso ano de estreia que está a ter a nova aposta desta empresa alemã ligada ao sector do turismo. Se em condições absolutamente normais, sem vitórias de excepção (considero como vitórias de excepção as vitórias nas principais voltas do calendário internacional, as provas de 3 semanas) dizem os especialistas da área que a aposta de uma empresa do ciclismo poderá gerar um retorno 3 a 4 vezes superior ao montante investido inicialmente, nem quero imaginar qual será o grau do retorno (quer em termos financeiros, quer ao nível mediático) que a empresa está actualmente a ter em função da espantosa época que as suas equipas (quer a masculina, quer a feminina) estão a realizar na presente temporada.  Continuar a ler “No primeiro dia dos Campeonatos do Mundo, a Sunweb fez história”