O exibicionismo de Nick Kyrgios – parte 2

Há cerca de um mês atrás escrevi aqui pela primeira vez algumas notas muito pessoais sobre a minha opinião acerca do tenista australiano Nick Kyrgios. Nesse pequeno post de introdução ao ténis do australiano deixei no ar a ideia que se o atleta alocar todos os seus recursos técnicos a uma maior objectividade, e se controlar de vez os seus laivos de estupidez e até de exibicionismo, poderá ser o “caso sério” da próxima geração do ténis. Continuar a ler “O exibicionismo de Nick Kyrgios – parte 2”