Daniel Podence: sempre à procura do espaço livre. O “criador de espaços”!

P.S: Como o termo poderá eventualmente de causar alguma estranheza aqueles que utilizam outro para designar o mesmo princípio, no ínicio do vídeo quando eu falo no Princípio de Flutuação defensiva refiro-me ao termo que é conhecido, por muitos, como o Princípio da Basculação Defensiva

Anúncios

Influências “Sarristas” em Jorge Simão – a contrapressão exercida no momento da perda no lance do golo alcançado contra o Sporting

P.S: No vídeo esqueci-me de fundamentar a razão pela qual achei que a decisão tomada por Coates foi péssima. No momento em que o uruguaio recebeu o esférico, poderia ter verticalizado o esférico para Gelson porque tinha linha de passe aberta para o efeito. O uruguaio não só retirava o esférico da zona de pressão “montada” pelo adversário como ao verticalizar para Gelson, na situação de 3×3 verificada a meio-campo naquele, oferecia ao extremo a possibilidade de criar desequilíbrio na defesa adversária usando para o efeito a sua velocidade.

Não é o fim, é apenas uma mudança ao nível do formato dos conteúdos.

Com muita pena minha, O Meu Caderno Desportivo, projecto que nasceu há 9 meses fruto da vontade de adquirir mais conhecimento sobre a temática desportiva, deixará de ser escrito. Confesso-vos que nas últimas semanas, a minha ideia não era essa, era a de acabar definitivamente com o blog porque infelizmente, para mal dos meus pecados, a minha vida profissional endureceu (e de que maneira!) desde o dia em que escrevi o meu último post. A escassez de tempo que possuo actualmente (para estudar; sim, porque eu continuo a estudar futebol bem como outros desportos todos os dias!) obrigou-me a procurar outro formato de comunicação para manter este espaço vivo. Por mais que tente esticar o meu tempo, não possuo neste momento a disponibilidade que dispunha até há bem pouco tempo para esmiuçar todos os assuntos que vou abordando até ao detalhe que a vossa consideração, estima e carinho merecem da minha parte.

O que é que me fez voltar atrás na minha decisão? Nos últimos dias pude ler com algum orgulho (com uma lágrima a cair ao canto do olho) uma menção muito positiva que me foi feita pelo grande Pedro Bouças, naquele que considero (e que muitos consideram) ser actualmente, o maior portal do futebol neste país: o Lateral Esquerdo. 

Ao ler essa menção, menção que me caiu nos tintins que nem um fogacho do Roberto Carlos ao primeiro meco de serviço na barreira, interroguei-me imediatamente: “Como é que tu pá, sendo adjectivado com as mais finest words de um dos maiores teóricos deste país nesta área, tens o atrevimento de o deixar mal nesta hora?” – A resposta foi automatica: temos que continuar, à medida da nossa disponibilidade. Não podendo de forma alguma perder 1 hora e meia a bater teclas, vou passar para o áudio, na espectativa de poder continuar a produzir conteúdos de qualidade em menos tempo. Peço só que me deem uns dias para fazer uns testes antes de começar a publicar.

Agradeço-vos toda a compreensão, do fundo do coração,

João Branco